top of page

Glimerglass, as fadas nada fofas de Jenna Black

Atualizado: 12 de abr. de 2020


De vez em quando eu faço incursões na biblioteca da minha mãe para afanar um ou dois livros. Dessa vez escolhi duas obras infanto-juvenis com o objetivo de me familiarizar com a linguagem e aperfeiçoar a minha escrita para esse público..

Glimerglass - O Encontro de dois mundos foi o primeiro que eu li por um motivo muito simples, descobri que o outro que eu trouxe é o segundo livro da trilogia L.A Candy. Só vi isso quando cheguei em casa.

Gênio!

Glimerglass é parte da trilogia Fariewalker. Shadowspell - O Misterioso Reino de Avalon e Sirensong - O Perigoso Chamado da Rainha são, respectivamente, o segundo e terceiro livro da série.

A capa do livro é um desbunde, já a diagramação não impressiona muito. São 294 páginas, divididas em 28 capítulos, mais o prólogo e o epílogo. A leitura é fácil e fluida, tanto que em menos de 24 horas eu já tinha terminado de ler.

Sinopse:

Dana Hathaway ainda não sabe, mas vai acabar se metendo em apuros quando decide que é a hora de fugir de casa para encontrar seu misterioso pai na cidade de Avalon: o único lugar na Terra onde o mundo real e o mágico se cruzam. No entanto, assim que Dana põe os pés em Avalon, tudo começa a dar errado, pois ela não é uma adolescente comum – ela é uma faeriewalker, um indivíduo raro que pode viajar entre os dois mundos e a única pessoa que pode levar magia ao mundo humano e tecnologia a cidade de Faerie. . Não demora muito e Dana envolve-se no jogo implacável da política do mundo da magia. Alguém está tentando matá-la, e todos parecem querer alguma coisa dela, desde seus novos amigos e da família até Ethan, o lindo garoto com poderes fantásticos com quem Dana acha que nunca terá uma chance… Até ter uma. Presa entre esses dois mundos, Dana não sabe bem onde se encaixa ou em quem pode confiar, muito menos se sua vida um dia voltará a ser normal.

Em Glimerglass a magia não é um segredo e seres fantásticos transitam entre mortais. Dana é uma adolescente de 16 anos que por sua descendência feérica acaba envolvida em uma trama política que ameaça a sua vida. A autora escreve muito bem e, ao contrário de algumas resenhas que li, não odiei a protagonista. Dana é uma jovem que lida com a pressão de cuidar da mãe alcoólatra e de todas as responsabilidades que normalmente seriam de seus pais. É normal tomar decisões equivocadas nessa fase da vida, principalmente quando esperam um comportamento mais maduro de uma menina que praticamente não sabe o que é ser cuidada. Gostei da forma como os personagens são descritos, as referências no texto são fáceis de serem captadas e a linguagem usada pelos personagens me pareceu bem crível. Detesto aquele tipo de diálogo que nunca aconteceria, sabe? Que não cabe na boca de ninguém. Esse tipo de texto me faz revirar os olhos.

Pretendo ler os outros livros da série, mas só se acontecer de caírem no meu colo. Não achei que o livro deixou aquela vontade de saber mais, mas como passatempo despretensioso até que vale.

A série é publicada pela editora Universo dos Livros e custa em torno de 30 reais.

E você, já leu? Conhece outros livros da autora? Conta pra mim!

Imagem da Internet.

27 visualizações0 comentário
bottom of page